Agende sua consulta:

Agenda Agora!
11 2533-2460
11 94004-6241

Siga-nos:


Tratamentos para a região do pescoço

Por Monique Teixeira 3 semanas ago
Home  /  Dermatologia Estética  /  Tratamentos para a região do pescoço

Conheça as possibilidades de tratamento para a região do pescoço!

É comum ouvir de pacientes “eu não gosto do meu pescoço” ou “agora só o meu pescoço não está rejuvenescido”. Isto ocorre porque geralmente esquecemos de cuidar desta região na nossa rotina de cuidados diários. A área do pescoço é bastante exposta ao tempo e sua própria fisiologia já conta com linhas horizontais marcadas e pouca sustentação. Idealmente, deveríamos cuidar desta região assim como nos preocupamos com o rosto. A rotina de Protetor solar, vitamina C, ativos clareadores e rejuvenescedores precisa se estender ao pescoço. E claro, alimentação saudável e equilibrada e a ingestão de líquidos também farão diferença na qualidade da pele como um todo, seja qual for a área.

Quais os tratamentos disponíveis para o pescoço?

São várias as possibilidades disponíveis, indicadas de acordo com a queixa do paciente. A principal inquietação escutada em clínica é a flacidez. Nestes casos, indicamos o ultrassom microfocado de alta potência e profundidade, capaz de atingir a fáscia muscular, gerar retração e estimular a produção de colágeno. Os bioestimuladores, como a hidroxiapatita de cálcio e o ácido polilático, complementam o resultado do ultrassom microfocado e deixam a textura da pele mais homogênea e bonita.  A radiofrequência pode ser uma alternativa de tecnonologia voltada a flacidez tissular mais amena, sendo um tratamento mais longo (de 4 a 6 sessões) e com necessidade de manutenção. Quando a queixa do pescoço é relacionada às manchas, indicamos o laser de Q-switched e a luz pulsada.

É fundamental a avaliação de um médico dermatologista que analisará a queixa do paciente, bem como seus ângulos e proporções. Frisamos isto, pois muitas vezes, o paciente pressupõe que o seu problema é flacidez, mas o dermatologista pode perceber na avaliação que a retração do queixo e a ausência de contorno definido no maxilar são responsáveis por gerar esta impressão de papada. Perceba como são muitos os fatores que influenciarão no plano de tratamento desenhado pelo médico!

Consulte um dermatologista para que ele indique os procedimentos adequados às suas necessidades.

Para agendar uma consulta com a Dra. Renata Mitelman, clique aqui.

Category:
  Dermatologia Estética