Agende sua consulta:

Agenda Agora!
11 2533-2460
11 94004-6241

Siga-nos:


Como tratar o bigode chinês?

Por Dra. Renata Mitelman 9 meses ago
Home  /  Dermatologia Estética  /  Como tratar o bigode chinês?

Você se incomoda com o bigode chinês? Conheça o tratamento!

Os sulcos nasogenianos são conhecidos popularmente como bigode chinês. Estes sulcos que tanto incomodam homens e mulheres são como depressões, linhas profundas que iniciam nos cantos do nariz e vão em direção aos cantos da boca ou até o queixo (por isso a analogia a um bigode, pelo formato). Geralmente, deixam a aparência do indivíduo mais cansada e menos jovem, por isso são tão evitados pelos pacientes

Causas do Bigode Chinês

Os sulcos são formados a partir da junção de alguns fatores, sendo estes intrínsecos e extrínsecos. Como fator intrínseco, podemos destacar o declínio natural (causado pelo envelhecimento) na produção de colágeno e elastina ocasionando a perda da sustentação facial e a flacidez. As bochechas mais caídas, deixam os sulcos mais marcados e esteticamente incômodos.

Os maus hábitos de saúde, tais como o tabagismo, o consumo de álcool, a exposição excessiva ao Sol e a alimentação desbalanceada também aceleram a degradação do colágeno. Com isso, a pele passa a ter um aspecto mais envelhecido, suscetível a formação de rugas e sulcos.

Tratamento do Bigode Chinês

Se estas marcas te incomodam e afetam a sua autoestima, fique tranquila(o) que existem tratamentos eficazes. Confira:

– Preenchimento com ácido hialurônico: Esta substância tem grande afinidade com a água, promovendo hidratação, melhorias na elasticidade e textura da pele, além de volumizar e preencher os sulcos indesejados.

– Ultrassom microfocado: ultrassom de forte potência e profundidade que provoca efeito lyfting imediato e estímulo de colágeno gradativo.

– Bioestimulador de colágeno: Os bioestimuladores de colágeno, como o próprio nome já diz, estimulam a produção de novo colágeno após promover uma ação inflamatória na pele. Os bioestimuladores mais conhecidos no mercado são o ácido polilático, a hidroxiapatita de cálcio e a policaprolactona, mais conhecidos pelos nomes comerciais de: Sculptra®, Radiesse® e Ellansé®, respectivamente.

Além dos procedimentos mencionados, o uso de dermocosméticos diariamente contribui no tratamento. Produtos antienvelhecimento, antioxidantes e um bom protetor solar pode ser adicionados no plano de tratamento, de acordo com as necessidades da sua pele

Consulte um dermatologista e saiba mais informações sobre este procedimento.

Para agendar uma consulta com a Dra. Renata Mitelman clique aqui.

Category:
  Dermatologia Estética